quarta-feira, 23 de setembro de 2015

Receita de pesto de salsinha

"Minha rebelião contra a salsinha ganha adeptos e, a julgar pela correspondência que recebo, esta era uma causa à espera do primeiro grito. Só não conseguimos ainda nos organizar e partir para a mobilização manifestações de rua, abraços a prédios públicos — porque persiste uma certa indefinição de conceitos. Eu sustento que "salsinha" é nome genérico para tudo que está no prato só para enfeite ou para confundir o paladar, o que incluiria até aqueles galhos de coisa nenhuma espetados no sorvete, o cravo no doce de coco, etc. Outros, com mais rigor, dizem que salsinha é, especificamente, o verdinho picadinho que você não consegue raspar de cima da batata cozida, por exemplo, por mais que tente. Outros, mais abrangentes até do que eu, dizem que salsinha é o nome de tudo que é persistentemente supérfluo em nossas vidas, da retórica à porta-aviões, passando pelo cheiro-verde. Meu conselho é que evitemos a metáfora e a disputa semântica e, unidos pela mesma implicância,passemos à ação. Para começar, sugiro um almoço informal com o presidente da República, em Brasília, para discutir a gravidade da questão, que certamente não merece menos atenção do que as novelas da Globo." (Luis Fernando Veríssimo, A Mesa Voadora)

Esta é uma daquelas receitas coringa, vai bem com tudo. Ter um potinho deste molho na geladeira é garantia de 'incrementar' qualquer prato. 
Dá para deixar bem lisinho, ou como eu prefiro, mais rústico e pedaçudo, adoro a 'surpresinha' dos pedacinhos de castanha no meio do molho.
Prefiro não colocar queijo ralado, acho que o molho fica mais fresco e mais versátil. Eu coloco o queijo apenas na hora de usar, quando vai ser o molho do macarrão, ou da polenta... Mas fica a seu gosto. 
Eu usei uma mescla de salsinha crespa, salsinha lisa pequena e grande.




Uma colherada  desse molho na torradinha, no macarrão, no frango, na polentinha, na sopa de legumes, deixa tudo mais gostoso! Sei que dizendo assim ficou parecendo campanha publicitária barata cara kkk... mas experimenta e vai ver o que estou falando. Este molho converte até o comensal mais resistente aos verdinhos no prato! 

Ingredientes 
folhas de 1 maço grande de salsinha
1/4 de xícara de castanhas do pará picadas (ou nozes, ou amêndoas, ou pinoles)
1 dente de alho
opcional: 1/4 de xícara de queijo parmesão ralado
azeite de oliva 

Modo  de fazer
Processe, liquidifique ou pise tudo no pilão (menos o azeite e o queijo). 


Junte o azeite de oliva até obter um molho espesso (mais ou menos umas 6 colheres).  Se quiser mais fluido, junte mais azeite de oliva. Se desejar, junte o queijo ralado. Pronto. 
Se não for usar todo, guarde em vidros na geladeira. 


2 comentários:

  1. Adorei a mobilização!
    Lia Bertuol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lia, és mais uma adepta? a favor ou contra a salsinha? :)

      Excluir

arquivo

blogroll