sexta-feira, 26 de julho de 2013

Carrê assado com pirão de aipim

A minha terra dá banana e aipim. Meu trabalho é achar quem descasque por mim. Vivo triste mesmo assim! (Noel Rosa, O orvalho vem caindo)


Para estrear o novo layout do blog, presentinho que ganhei da Cacá, duas receitinhas bem fáceis.
Nesta vida de cozinheira de fim de semana, a estrela é o almoço de domingo com a família. No último fim de semana, fiz para o almoço uma comidinha fácil, com o forno fazendo a maior parte do trabalho.
Um carrê de porco assado, temperado com ervas, sal, mostarda, laranja e mel. Para acompanhar, sem muita expectativa, resolvi fazer um pirãozinho - ou será um purêzinho?  -  com os aipins que estavam dando sopa na cozinha. Adiantei o cozimento do aipim e o tempero do pernil de véspera, então na manhã de domingo foi muito fácil: coloquei a carne no forno, fui preguiçar, e só voltei à cozinha depois de uma hora e meia, para terminar o preparo do almoço em quinze minutinhos. Mais moleza, impossível!
A carne ficou maravilhoso, mas o pirão, ou purê de mandioca, quase roubou a cena! Perfeito!

Ingredientes da carne
1 carrê de porco (1,8 Kg)
sal, pimenta, cebola, alho, cebolinha
1 colher de mostarda
1 colher de mel
suco de 1 laranja

Ingredientes do pirão
2 colheres de manteiga
1 cebola pequena picadinha
500 g de mandioca
2 xícaras de leite
150 gramas de queijo (usei metade queijo muçarela, metade queijo colonial)
sal

Modo de fazer
De véspera, temperei o carrê com uma pastinha feita com cebola, alho, pimenta, cebolinha e sal. embrulhei e deixei na geladeira. Cozinhei o aipim na panela de pressão até ficar macio.
Na manhã de domingo, embrulhei o carrê em papel alumínio, coloquei em uma assadeira e levei ao forno a 200 graus. Deixei por  uma hora e trinta minutos. Depois, misturei em uma tigelinha, o suco de laranja, o mel e a mostarda. Retirei a carne do forno, tirei o papel alumínio, pincelei com essa mistura e voltei ao forno, descoberta, para dourar, por mais 15 minutos. 
Enquanto isso, finalizei o pirão, batendo no liquidificador a mandioca cozida escorrida, o leite e os queijos. Aqueci em uma panela a manteiga, refoguei a cebola e juntei a mistura do liquidificador, mexendo até aquecer bem. 


2 comentários:

  1. Lendo este post deu água na boca. Realmente, deve ser maravilho.

    ResponderExcluir
  2. Que bom que gostaste, obrigada, Dionísio.

    ResponderExcluir

arquivo

blogroll